Carreira política: por onde começar?

por Larissa Maciel em 16/09/2021 ⇠ Veja outros Posts

Você provavelmente já cogitou a ideia de iniciar uma carreira política. Seja pela vontade de fazer a diferença na região onde você mora, ou pelo desejo de se tornar um profissional importante e bem-sucedido. Ter essa aspiração parece fazer bastante sentido, não é mesmo? Por outro lado, é bem provável que você não saiba nem mesmo por onde começar e esteja se sentindo completamente perdido.

Apesar de todas as informações disponíveis atualmente na internet e em outros meios, poucas pessoas têm noção do que deve ser feito para adentrar no universo da política. Com o intuito de te ajudar, então, separamos 3 atitudes básicas que você deve adotar para dar o pontapé inicial em sua jornada. Coloque-as em prática e sucesso! Vamos lá?

Defina seu perfil e seus objetivos

Decidir que você quer se tornar um político é o primeiro passo para iniciar sua trajetória. No entanto, estamos falando de uma decisão muito séria, que deve ter um embasamento forte e sólido. Não basta querer iniciar sua carreira política porque você acha que a profissão será interessante ou glamurosa.

Na verdade, você deve ter um perfil bem definido e saber quais objetivos quer alcançar com sua candidatura (e, se tudo der certo, com seu futuro mandato). Em outras palavras, é preciso mesmo começar da estaca zero e ter um planejamento bem definido, com metas específicas bem delineadas.

Qual será seu cargo?

A primeira coisa que você deve definir para iniciar uma carreira política é o cargo que almeja exercer. Você deseja ser deputado, governador, prefeito, vereador ou senador? Para isso, o primeiro passo é fazer uma pesquisa e entender quais são as atividades e obrigações de cada cargo, bem como quais são os procedimentos e pré-requisitos para ser eleito em cada um desses cargos.

Para quem não tem nenhuma experiência na área, é aconselhável manter o foco em contextos mais locais, verificando quais funções podem ser exercidas no bairro ou cidade em que você mora, por exemplo. Em algumas situações, procurar contextos menores pode ser uma boa opção, como a presidência de um clube do bairro, ou até mesmo a vaga de síndico do prédio. Toda experiência é válida para que haja uma noção de como é a carreira política na prática.

 quais serão seus problemas.jpg

Quais problemas serão seu foco?

Depois que você definir o cargo que deseja exercer, é hora de pensar em quais problemas serão seu foco e, é claro, em quais soluções serão propostas. Suponhamos que a sua meta é tornar-se um vereador. Essa categoria política é responsável por melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, ouvindo suas reivindicações e criando leis que estejam em consonância com os anseios do povo.

Dessa forma, é preciso que você entenda quais são as demandas mais comuns da população de sua região e de que forma você poderia atuar para favorecer seus interesses. Se for o caso, faça uma pesquisa com algumas pessoas para entender melhor as necessidades mais relevantes e urgentes. Depois, esboce algumas propostas que poderiam beneficiar a comunidade.

Qual será o tom utilizado?

Outro aspecto bastante importante que deve ser considerado é o tom que será utilizado durante sua campanha ou possível mandato. Isto é, que tipo de personalidade você deseja adotar em sua carreira política? Quais impressões você quer causar em seu público? Para isso, você pode se fazer algumas perguntas.

Seu objetivo é transparecer a imagem de um político experiente, ou você prefere usar a imagem de um jovem com toda a energia necessária para fazer a diferença? Você irá utilizar uma linguagem mais séria e formal, que demonstre autoridade, ou acha melhor investir em um discurso mais informal e próximo à população? E as roupas? Você fará uso de peças voltadas para o ambiente executivo, ou irá optar por itens mais descontraídos?

Tudo isso conta para que você mantenha uma imagem coerente ao longo de seu trabalho. São detalhes que fazem toda a diferença!   

Quem serão suas personas?

Quem quer desenvolver uma carreira política deve sempre estar focado em uma pessoa específica: seu eleitor. Não adianta nada ter propostas fantásticas se elas não chegarão até a pessoa que pode dar seu voto ao candidato, concorda? Portanto, é sempre preciso ter em mente qual será o seu público-alvo, definindo personas específicas.

Trata-se do perfil de uma pessoa fictícia que pode representar um grupo. Isso inclui suas características emocionais, profissionais, biológicas, de idade, etc. Dessa forma, ao criar suas campanhas e mensagens você pode fazê-lo pensando nesse indivíduo, pois isso te permitirá criar um discurso mais pessoal e bem direcionado, de acordo com as necessidades e anseios do seu público.

Você pode entender um pouco mais sobre o assunto no nosso post com 6 dicas para conquistar eleitores.  

2. Procure experiência

Após a definição dos elementos mencionados no item anterior, chegou a hora de colocar a mão na massa. Afinal, a sua carreira política não se consolidará sozinha, não é mesmo? Qual cidadão votaria em um candidato que não tem nenhum tipo de experiência com gestão ou com algum trabalho voltado para a população? Veja algumas formas de começar:

trabalho voluntário.jpg

Trabalhos voluntários

O trabalho voluntário é uma ótima opção para quem quer adquirir experiência e ter a oportunidade de causar impactos reais e mensuráveis em distintas comunidades. Além de serem bons para o currículo, projetos sociais irão permitir que você se sinta mais preparado para lidar com os desafios da sua carreira política, além de propiciar novos contatos que podem ser úteis no futuro.

Instâncias de deliberação política

Começar a atuar politicamente em contextos menores, como já falamos anteriormente, é uma ótima opção para quem está começando. Exemplos como fazer parte de diretórios acadêmicos na universidade, ser representante de turma, participar de associações do seu bairro ou ser membro de um sindicato, pode ser uma boa maneira de ganhar experiência e maturidade para sua futura carreira política.

Universidade

Escolher um curso universitário que tenha relação com sua carreira política é também um passo valioso que você deve dar caso queira obter sucesso. Não existem cursos específicos para cargos políticos, mas dependendo dos seus objetivos, você pode se inclinar em direção a uma carreira ou outra. Direito, ciências políticas, estatística ou comunicação são algumas opções que devem ser levadas em consideração.

Partidos políticos

Se filiar a um partido político é indispensável para quem quer ter um cargo eletivo. Você deve pesquisar quais são as visões ideológicas de cada partido antes de decidir qual deles escolherá para fazer parte. Além disso, é necessário verificar as exigências e regras de cada um para que você possa se associar.

Tenha certeza de que está fazendo a escolha certa de acordo com seu perfil e com seus ideais! Ah, e não se esqueça de participar dos eventos e convenções do partido, para que as pessoas comecem a te conhecer.

 3. Invista no networking

Fazer contatos é indispensável para quem quer ter uma carreira política sólida. Você deve aproveitar cada oportunidade que tiver para aumentar seu networking e causar uma boa impressão nas pessoas ao seu redor. Se for necessário, você também deve investir em técnicas para se sentir mais confiante ao interagir com desconhecidos ou ao falar em público, como fazer aulas de teatro ou cursos de coaching pessoal.

networking.jpg

Contatos pessoais

Se você seguir algumas das nossas dicas anteriores, como participar de trabalhos voluntários, fazer uma faculdade, participar de instâncias de deliberação política ou se filiar a algum partido, você já terá dado um grande passo nesse sentido. Esse tipo de situação te fará conhecer pessoas, possibilitará que você entenda mais do meio e te dará uma chance de se promover.

No entanto, é preciso ter cuidado para não fazer um "networking vazio". Mostre-se disponível para ouvir e para ajudar os outros, evitando a desagradável atitude de conversar com as pessoas apenas por interesse próprio. Estabeleça sempre uma relação de troca!

Redes sociais

As redes sociais vêm ganhando cada vez mais popularidade entre os políticos e são uma excelente opção para quem quer aumentar seu círculo social e passar uma noção clara e bem definida de seus ideais, propósitos e ideologias.

No entanto, é preciso ter cuidado com o tom utilizado, com o tipo de material que é compartilhado e com as opiniões que são emitidas. Lembre-se que, em questão de minutos, suas postagens podem atingir milhões de pessoas. Se quiser se inspirar, baixe nosso e-book que mostra o que os políticos mais populares do Facebook fazem.

Esperamos que agora você tenha uma noção mais clara das atitudes que deve tomar para começar uma carreira política. Seguindo todas as nossas dicas, você estará preparado para iniciar a sua campanha eleitoral! E se você sentir que já está pronto para dar esse passo, você pode garantir sua vitória com nossas 5 dicas para uma estratégia de campanha eleitoral vitoriosa. Desejamos boa sorte em sua jornada e, se precisar, conte com a gente!  

Texto escrito originalmente dia 12/03/2017 e atualizado em 16/09/2021.

SMS PARA POLÍTICOS: O GUIA COMPLETO

Larissa Maciel

Publicitária e especialista em marketing político.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

Este site utiliza cookies para otimizar sua experiência durante a navegação. Ao continuar nesta página, consideramos que você concorda com a utilização de cookies. Ok, entendi.

© NeritPolítica

by nerit