Campanha política: 6 dicas para conquistar eleitores

por Larissa Maciel em 25/02/2019 ⇠ Veja outros Posts

Conheça 6 estratégias para angariar seu público na campanha política e sair vencedor

Conquistar os eleitores é uma tarefa complexa que vai muito além de ter propostas sólidas e que sejam do interesse da população. Fazer com que uma pessoa decida confiar em você é a sua arma mais valiosa durante a campanha política e também fora dela. Mas não se preocupe: mesmo que sejam várias as atitudes que compõem uma boa reputação, é possível adotar boas práticas em pouco tempo e de forma eficiente. Por isso, neste post trazemos uma seleção de dicas que podem te ajudar a se tornar mais popular a partir de hoje. Confira:

1. Defina seu público e segmente suas mensagens

O primeiro passo para conquistar um eleitor é saber o que ele precisa para, depois, oferecer uma solução!

Defina nichos específicos e estude-os de forma cautelosa

Tentar focar em todos os segmentos da população é muito arriscado, pois você pode tentar agradar a todos e acabar não agradando a ninguém. Por isso, o ideal é se concentrar em grupos específicos de pessoas, como por exemplo:

  • Mães com filhos pequenos que trabalham fora de casa

  • Trabalhadores que se aposentarão nos próximos 5 anos

  • Artistas e artesãos que trabalham por conta própria

  • Faxineiras que trabalham em mais de um local, sem carteira assinada

Crie uma persona

Após a definição do seu público-alvo, uma boa dica é criar uma persona para eles. Trata-se do perfil de uma pessoa fictícia que pode representar um grupo, com suas características emocionais, profissionais, biológicas, de idade etc. Dessa forma, ao criar suas campanhas e mensagens você pode fazê-lo pensando nesse indivíduo, pois isso te permitirá criar um discurso mais pessoal e bem direcionado, de acordo com as necessidades e anseios do seu público. Veja como poderiam ficar, por exemplo, as personas dos primeiros dois grupos que mencionamos acima:

  • Patrícia, 32 anos, classe média alta. É mãe de Pedro, de 6 meses, e planeja ter outro filho. Trabalha em uma multinacional como secretária executiva, oito horas por dia. Gosta de cuidar da saúde e de ter tempo para praticar seus hobbies, como a dança. O seu maior desejo é ter mais disponibilidade para cuidar de seu filho e para passar tempo de qualidade com sua família. Ao mesmo tempo, não deseja abrir mão de sua estabilidade financeira e de sua carreira.

  • Antônio, 60 anos, classe média. É casado com Eleonora e possui três filhos e dois netos. Trabalha como gerente em uma loja de departamento e está próximo de se aposentar. Gosta de viajar com sua esposa todos os anos e de cuidar da sua casa. O seu maior desejo é poder manter o padrão de sua família após a sua aposentadoria sem precisar ter que continuar trabalhando na empresa.

 

Cadastre seus potenciais eleitores em um banco de dados

O último passo, mas não menos importante, é cadastrar os seus eleitores e potenciais eleitores em um banco de dados sólido, classificando-os de acordo com suas características.

Assim, ao realizar disparos de e-mail e SMS, por exemplo, você pode selecionar apenas as pessoas que desejariam receber essa mensagem. Se for divulgar uma campanha sobre um projeto de lei que pretende trazer benefícios para gestantes e lactantes, por exemplo, você pode redatar uma mensagem personalizada, com a qual “Patrícia” se sentirá identificada rapidamente.

Em outras palavras, você pode direcionar a mensagem para pessoas que tenham tags (etiquetas) específicas em seu banco de dados, como “mãe” e “trabalhador”. Veja, por exemplo, uma mensagem que seria bem aceita por esse público:

“Olá! Sabemos que você é uma mulher trabalhadora e que, ao mesmo tempo, não quer perder o tempo de qualidade com o seu filho, para lhe dar todo o cuidado que só você pode proporcionar. Por isso, listamos algumas das nossas propostas que garantirão que você possa passar mais tempo com sua família”.

Dessa forma, todas as mulheres que se encontram nessa situação se interessarão pelo conteúdo do texto e pela proposta do político. Por outro lado, se “Antônio” recebesse um e-mail assim, provavelmente ficaria bastante confuso e, até mesmo, incomodado.

Em resumo, procure ser o mais assertivo e específico possível, pois assim os seus destinatários sentirão que você realmente está pensando neles e depositarão a sua confiança em você! Para isso, um software para campanha política pode te ajudar.

2. Esteja presente no universo virtual

Em uma época em que mais de 100 milhões de brasileiros possuem acesso à internet, não há dúvidas de que a web deve ser explorada para angariar eleitores no período da campanha política – principalmente no Brasil, país que, de acordo com pesquisa feita em 2014, lidera o ranking de tempo gasto pelos usuários em redes sociais.

Você pode marcar presença no universo virtual de várias maneiras: tendo um bom website, ficando ativo em redes sociais como o Facebook e enviando e-mails interessantes ao seu eleitorado. O ideal, na verdade, é que você tome todas essas atitudes.

Antes de explorarmos as ferramentas do universo virtual, destacamos um eBook completo sobre marketing digital para políticos.

Website

O website é uma das ferramentas mais importantes para o candidato político que quer passar uma boa imagem em sua campanha eleitoral. Isso ocorre porque, geralmente, quando alguém quer saber mais sobre um candidato, a pessoa vai procurar, primeiramente, sua página oficial.

Um site permite que os potenciais eleitores tenham uma visão geral sobre as propostas e ideais do político e funciona como uma espécie de cartão de visitas. Além disso, uma página virtual pode ser uma boa oportunidade para que as pessoas entrem em contato com o candidato, enviando mensagens através de formulários, por exemplo.

Você pode saber mais sobre as vantagens de um website lendo nosso e-book gratuito Sites de candidatos políticos servem para alguma coisa?

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma excelente opção para o político que quer se dirigir ao seu público de uma forma pessoal e segmentada, como já mostramos no item 1 deste texto.

Outra grande vantagem dessa ferramenta é que é possível medir os resultados de cada envio de forma rápida e eficiente, caso seja utilizada uma ferramenta de disparos de e-mails confiável. Assim, você tem acesso a informações valiosas, como quantas pessoas receberam sua mensagem, quantas a abriram e quantas clicaram em algum link presente no texto.

  • Utilize um título atraente, que tenha relevância para o seu público-alvo.

  • E-mails muito longos podem ser considerados cansativos.

  • Mantenha uma frequência de envios com bom senso: não bombardeie a caixa de e-mail dos seus destinatário, nem corra o risco de o seu nome ser esquecido.

  • Utilize links que levem ao seu site e/ou à alguma rede social.

  • Sempre envie conteúdos relevantes, de preferência, com algum benefício ao seu público.

  • Dê ao receptor a possibilidade de parar de receber suas mensagens de marketing, o que demonstra respeito e seriedade.

Dessa forma, você consegue saber o que está dando certo e o que precisa ser melhorado, traçando estratégias assertivas para atingir seu alvo em cheio!

Você pode saber mais sobre as vantagens do e-mail marketing no nosso e-book gratuito E-mail marketing: primeiros passos

Facebook

Uma das maiores vantagens de utilizar a internet é que é possível interagir com o seu público de forma rápida e efetiva. Em alguns meios, como em um cartaz, por exemplo, não é possível dialogar com os receptores da sua mensagem. Eles lerão o texto, pensarão alguma coisa, mas você não saberá o que eles estão pensando!

No caso das redes sociais, os usuários visualizarão o post e poderão expressar a sua opinião nos comentários. Dessa forma, você não só ficará sabendo se a sua campanha está ou não dando certo, como também terá a possibilidade de dar um retorno rápido para o público, melhorando a sua imagem.

Aproveitando o mesmo exemplo do cartaz, pensemos na divulgação da mensagem. Imaginemos que um indivíduo esteja andando pela rua e veja um cartaz com uma proposta sua. Ela poderá parar, ler a mensagem e pensar: “Que bacana!”. Dessa forma, você terá atingido uma pessoa.

Agora imagine um possível eleitor que esteja olhando o seu celular e veja uma proposta sua em um post. Ele poderá ler a mensagem e pensar “Que bacana! Vou compartilhar com os meus amigos”. Em questão de segundos, você terá atingido não só uma pessoa, mas muitos dos amigos dela também.

Você pode saber mais sobre como atuar no Facebook lendo nossos e-books gratuitos: Divulgação política na web e O que os políticos mais populares do Facebook fazem? 

Linkedin

Uma rede social específica para  para criar e manter relacionamentos profissionais. Permite a interação com empresas, colegas de trabalho, desenvolvimento de networking, criação de currículo.

Marketing político no Linkedin

As características dessa rede social não são as mais ideais para serem usadas como principal estratégia de uma campanha política, mas o Linkedin pode oferecer algumas vantagens para candidatos e políticos.

Muitos políticos lidam com demandas que impactam diretamente em algumas áreas profissionais, o linkedin pode ser bem eficiente quando um parlamentar defende a bandeira em defesa dos interesses de uma determinada categoria profissional.

É preciso que o político tenha o perfil compatível com com o Linkedin, ter ou estar em formação acadêmica de expressão e atuação profissional forte.

Usado de maneira correta, adaptado a sua realidade o Linkedin pode trazer vantagens como:

  • Fortalecimento da imagem profissional;

  • Desenvolvimento de networking;

  • Segmentação por categorias profissionais;

  • Gerar autoridade dentro da área de interesse.

Instagram

O instagram é uma rede social visual, permite publicar fotos, vídeos, textos, transmissão ao vivo, entre outras diversas funcionalidades.

Em seu perfil as fotos e vídeos publicadas ficarão disponíveis para todos aqueles que o acessarem, por tempo indeterminado.

O instagram stories é uma função que permite a publicação de fotos e vídeo curtos, que ficam disponíveis  pelo período de apenas 24 horas (é possível deixar essas histórias permanentes em seu perfil através da função Destaques). É possível incorporar gifs animados, enquetes, perguntas, desenhos.

Os stories tem um caráter mais descontraído, o que faz o contato parecer mais natural, um modelo ideal para interagir com seu público no dia a dia. Para políticos é interessante utilizar essa função para mostrar o cotidiano da campanha eleitoral, ou do gabinete para seus eleitores.

Um político pode explorar o instagram:

  • Fazendo contato direto com eleitores

  • Interagindo e engajando base eleitoral

  • Segmentando linguagem verbal e visual para público alvo específico

  • Avaliação de métricas para entregar conteúdos relevantes aos seguidores

    Confira nosso post sobre como usar o instagram em sua estratégia política

Youtube

Nos últimos anos o consumo de vídeo na internet tem crescido exponencialmente, e a tendência é que os números continuem aumentado. O Youtube é a maior plataforma de vídeos do mundo e não poderia ficar fora da nossa lista ou da estratégia de marketing político.

A plataforma possibilita o compartilhamento de vídeos através de canais. As informações que poderiam estar em um texto, ou imagens, se tornam mais dinâmicas e interativas no vídeo, com uma capacidade maior de manter a atenção dos eleitores.

Entre a principais vantagens e características do youtube podemos destacar:

  • Vídeos são a tendência de consumo na internet;

  • Conteúdo interativo e dinâmico;

  • Alternativa ao alto custo do tempo de TV para campanhas

A presença nas redes sociais passa a imagem de um político moderno, antenado, que tem interesse em interagir, trocando informações com seu público.  

3. Responda todas as críticas: positivas e negativas

Esta é uma dica bem simples, mas que muitos ignoram! Com o “boom” das redes sociais os eleitores ganharam mais voz e agora conseguem expressar suas opiniões facilmente, atingindo milhares de pessoas em questão de segundos. Tanto críticas positivas quanto críticas negativas se espalham na internet rapidamente, e com você certamente não será diferente.

Nessas situações, o mais indicado é se mostrar presente e responder a todas as críticas durante a campanha política e também após seu fim. Essa atitude mostra preocupação e humildade por parte do político e pode aproximá-lo do seu público. Procure entender a crítica que está sendo feita, desculpe-se quando seja necessário e proponha melhorias sempre que possível. Isso melhorará a sua imagem não apenas diante da pessoa que fez a crítica, mas também diante dos usuários que tiverem acesso a ela.

4. Faça visitas aos eleitores e registre suas demandas

Uma das atitudes que mais aproximam o candidato ao eleitor durante a campanha política é o contato pessoal, o olho no olho, a conversa franca. Portanto, é indispensável realizar visitas aos potenciais votantes e entender quais são seus anseios e preocupações, bem como suas demandas específicas.

No entanto, não basta simplesmente ouvir o que as pessoas têm a dizer e fazer promessas “da boca pra fora”. O certo é registrar todas as informações obtidas na visita e traçar metas para atender essas demandas. Se o potencial eleitor reclamou do fato de que não há nenhuma praça em seu bairro, por exemplo, é imprescindível cadastrar essa informação em seu sistema para, no momento oportuno, incluí-la em suas propostas.

Além disso, é indispensável que você dê um feedback para todas as pessoas que foram visitadas, o que fará com que se sintam ouvidas e levadas em consideração, aumentando as chances de que se identifiquem com você e te deem o seu voto. No entanto, não se esqueça: não faça promessas que não pode cumprir, pois a confiança deve ser mantida também após sua eleição!

5. Aposte em técnicas de linguagem corporal

O que você diz com o corpo é tão importante quanto aquilo que você diz com as palavras. Por isso, ao falar com o seu público, é preciso adotar alguns gestos e posturas que são capazes de transmitir várias emoções, como confiança, segurança e autoridade.

Existem diversos livros, artigos, cursos de oratória e sites na internet que possuem várias dicas sobre o assunto. Para te ajudar, reunimos aqui algumas das mais interessantes.

Não fale muito alto

Muitas pessoas acreditam que falar em alto e bom som é sinal de poder, mas um estudo científico da Universidade de Duke comprovou que tons de voz mais baixos transmitem autoridade. Ser sereno, claro nas palavras e falar sem pressa são ótimas maneiras de passar uma boa sensação ao ouvinte.

Coloque as mãos atrás do corpo

Os autores do livro 'A linguagem corporal no trabalho' garantem que entrelaçar as mãos atrás do corpo gera a sensação de poder e superioridade. Veja esta foto do Frank Underwood, da série House of Cards, e veja se ele não passa uma alta sensação de autoridade! 

Pisque moderadamente

Piscar em excesso pode ser sinal de fraqueza ou nervosismo. Por outro lado, manter um contato visual estável e direto, sem desviar o olhar ou piscar demais, transmite autoconfiança e segurança.

Seja amigável

Sim, você quer passar a sensação de confiança e autoridade, mas isso não quer dizer que você deva ser arrogante ou desagradável. Os eleitores procuram alguém com quem possam se identificar. Por isso, tente enxergar as pessoas às quais você se dirige como velhos amigos. Isso pode ajudar o seu público a “ir com a sua cara”.  

Escolha o assento mais alto

Parece bobagem, mas se você se sentar no local mais alto de uma sala em que haja mais pessoas você ficará em evidência e o seu status será maior. Basta lembrar de figuras importantes, como o Papa e a Rainha, que você entenderá a mensagem que uma simples poltrona pode passar ao público.

6. Não se acomode

Nossa última dica pode parecer óbvia, mas é a mais valiosa: não se acomode!

Procure sempre fazer mais, encontre formas novas de estar presente e busque constantemente maneiras de impressionar o seu público durante a campanha política.

Se você criou uma rede social, por exemplo, não a deixe parada. Esteja sempre à procura de conteúdo interessante para compartilhar com seus seguidores e interaja com eles frequentemente.

Fique faminto por conhecimento, por novas tecnologias e por novas formas de conseguir atingir os seus objetivos.

Conclusão

Ter uma campanha política de sucesso envolve diferentes fatores e, por isso, é preciso definir claramente as estratégias que serão utilizadas ao longo desse período. Neste post, selecionamos algumas dicas fundamentais para que você possa conquistar seus eleitores, já que eles são o elemento mais importante para a sua vitória nas eleições. Mas lembre-se que, para conseguir ganhar, é preciso realizar uma gestão eficiente da sua campanha.

Nós, do NeritPolítica, estamos sempre à disposição para te ajudar!   

O NeritPolítica é um software de gestão desenvolvido especialmente para a gestão de campanha política e de mandato. E o melhor: é totalmente online! 

Que tal bater um papo com um especialista da nossa equipe e tirar todas suas dúvidas? Estamos prontos para ajudar você!

Post originalmente publicado em 16/02/2017 e atualizado em fevereiro de 2019.
#VamosAvançarJuntos
 
 
Sites de candidatos políticos servem para alguma coisa?

Larissa Maciel

Publicitária e especialista em marketing político.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606
Este site utiliza cookies para otimizar sua experiência durante a navegação. Ao continuar nesta página, consideramos que você concorda com a utilização de cookies. Ok, entendi.

© NeritPolítica

by nerit