5 dicas para uma campanha eleitoral vitoriosa

por Larissa Maciel em 03/09/2018 ⇠ Veja outros Posts

O tempo está correndo e as eleições de 2020 já começaram! Por isso, os políticos que desejam conquistar seus eleitores devem investir pesado em estratégias para uma campanha eleitoral vitoriosa. Quanto mais planejado for o trabalho a ser realizado, maiores serão as chances de um final feliz no momento da divulgação dos resultados. Mas, se você se sente no escuro e não sabe nem por onde começar, não se preocupe! Separamos 5 dicas que você deve colocar em prática a partir de hoje para ser bem-sucedido em sua campanha e atingir seu maior objetivo: ser eleito. Confira!

 
1. Elabore um panorama geral da sua campanha

Se você será candidato  nas eleições de 2020 ou pretende se candidatar para as próximas, provavelmente já possui em mente alguns dos elementos norteadores que guiarão sua campanha, como as propostas principais que serão divulgadas e parte dos integrantes que comporão sua assessoria. No entanto, é indispensável tirar as ideias da cabeça e colocar tudo no papel, pois só assim você conseguirá visualizar, de forma efetiva, o que precisa ser realizado para que você atinja seus objetivos.

A primeira estratégia para uma campanha eleitoral de sucesso, então, é criar um planejamento que guiará todo o seu trabalho. Entre algumas das informações que devem constar nesse documento, podemos citar as seguintes:

  • Definição da equipe e das atribuições de cada integrante

  • Delimitação do orçamento e das formas de captação de recursos

  • Temas que serão priorizados ao longo da campanha

  • Filosofia política e posicionamento sobre assuntos em alta

  • Propostas que terão destaque nos meios de comunicação

  • Descrição do público-alvo que deverá ser captado

  • Mídias que serão utilizadas para a divulgação do candidato

  • Slogan


2. 
Defina o número de contatos a serem realizados diariamente

Ainda no âmbito do planejamento, é extremamente necessário que você saiba exatamente quantos contatos devem ser realizados diariamente. Sem essa informação básica, como você saberá se está ou não no caminho certo para conquistar todos os votos necessários e ser eleito? Realizar um trabalho na base da intuição é algo que não recomendamos de nenhuma maneira, já que as chances de que você fracasse no final aumentam consideravelmente se não houver uma definição de metas claras e objetivas.

Dessa forma, o ideal é que você defina esse número o quanto antes: caso contrário, à medida que o tempo for passando, mais contatos deverão ser realizados por dia, o que gerará uma sobrecarga de trabalho e uma diminuição na qualidade de suas interações com o público. Caso você queira descobrir quantos contatos deve realizar por dia, você pode fazer uma simulação online e obter essa informação em poucos segundos.


3. Construa uma base de eleitores confiável

De nada adianta planejar sua campanha e definir quantas interações serão realizadas diariamente se você não possuir um banco de eleitores sólido e confiável. Essa relação contendo os dados dos seus contatos não apresenta apenas uma função, mas várias. Com essas informações, primeiramente, você pode saber em que regiões estão concentrados seus potenciais eleitores, traçando estratégias específicas para eles.

Além disso, é possível realizar campanhas de marketing segmentadas, lançando mão de filtros relacionados a gênero, profissão, idade, localização etc. Outro fator bastante relevante é que uma base de contatos pode permitir que você registre todas as interações realizadas com cada indivíduo, aumentando a qualidade e a praticidade do seu trabalho.

Por outro lado, é preciso tomar bastante cuidado com a construção do seu banco de dados, pois comprar listas prontas é uma ação antiética – além de ser ilegal –, o que pode trazer diversos problemas para você e sua equipe. Ademais, listas compradas não costumam apresentar resultados eficientes, pois possuem muitos dados desatualizados ou extremamente genéricos. Lembre-se de que o caminho que parece ser mais fácil quase nunca é o que oferece os melhores frutos! Assim, é preciso investir em estratégias mais eficientes, como as seguintes:

  • Disponibilizar formulários em seu website para que as pessoas entrem em contato, registrando seus dados.

  • Cadastrar em sua base todas as pessoas que fizerem contato pessoalmente, via telefone ou e-mail.

  • Fazer um registro de todas as pessoas do seu círculo social e pedir que elas recrutem outras pessoas.


4. 
Desenvolva um website moderno e interativo

Se você leu o item anterior da nossa lista, já sabe que uma ótima estratégia para conseguir os dados dos potenciais eleitores é disponibilizar um formulário de contato em seu website. E, além disso, uma página virtual pode oferecer diversas vantagens. Em uma época em que mais de 100 milhões de brasileiros possuem acesso à internet, não há duvidas de que o universo online deve ser explorado para angariar eleitores no período de campanhas políticas. Nesse espaço, é preciso que você inclua:

  • Interatividade: é necessário permitir que o público-alvo entre em contato com você.

  • Retorno: não adianta apenas receber mensagens, é preciso respondê-las.

  • Conteúdo relevante: é indispensável postar informações que sejam interessantes e capazes de gerar acessos.

  • Frequência nas publicações: deixar o website abandonado pode ser desestimulante para quem acessa a página.

  • Design agradável: uma página poluída ou desorganizada pode espantar os usuários. É preciso investir em um design atraente e moderno.


5. 
Marque presença nas redes sociais

Você sabia que os brasileiros são os indivíduos que mais passam tempo nas redes sociais? Esse dado mostra que os políticos que decidem se aventurar nesse ambiente possuem grandes chances de aumentar a sua popularidade e de conseguir os votos necessários para vencer as eleições!

Criar uma página do candidato contribui, primeiramente, para gerar a imagem de alguém que é antenado e que está disponível para o seu público. Além disso, assim como no caso dos websites, as redes sociais permitem uma interação rápida e eficiente entre o candidato e seus potenciais eleitores. Outro fator bastante interessante é que, nesse ambiente, as informações são compartilhadas com muita facilidade, o que aumenta, e muito, o alcance do político.

E o melhor: estamos falando de ferramentas gratuitas, eficientes e econômicas. Mas tome cuidado, pois a legislação vigente proíbe a veiculação de anúncios pagos.

Se você não sabe como começar a atuar nas redes sociais, uma dica é se inspirar em políticos que são bastante populares no Facebook!

Gostou das nossas dicas? Se ainda tiver alguma dúvida, deixe um comentário e ajudaremos você a traçar estratégias para sua campanha eleitoral. 

 

Construindo Banco de Dados Eleitores Missão Impossível

Larissa Maciel

Publicitária e especialista em marketing político.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606
31 3047 5405

© NeritPolítica

by nerit