Como recomeçar o planejamento de sua campanha eleitoral?

por Larissa Maciel em 14/02/2017 ⇠ Veja outros Posts

Perdeu as últimas eleições? Saiba como organizar uma nova campanha de sucesso!

Se você perdeu as últimas eleições, não desanime! É hora de se reerguer, aprender com os erros e aproveitar o tempo para planejar tudo com antecedência.

Ter experiência com eleições passadas já pode ser um ponto positivo em relação a um novo adversário! Selecionamos algumas dicas que podem te ajudar a reorganizar suas ideias e a começar o planejamento de sua campanha eleitoral do jeito certo.

1. Faça uma retrospectiva

Mac HD:Users:nerit:Documents:@nerit-larissa:(+) freebies:( + ) banco-imagens:@business:IMG_4642-1403.jpg

Esse é o momento de rever cada ponto da campanha passada e refletir sobre o que precisa ser ajustado. Verifique se sua base de contatos precisa ser organizada, reveja as temáticas trabalhadas e olhe criteriosamente para o resultados alcançados: eles foram muito distantes daquilo que você esperava? As estratégias utilizadas se mostraram eficazes? Quais foram os principais erros? Você conseguiu transmitir sua mensagem de forma adequada?

Algumas dessas respostas podem parecer meio nebulosas a princípio, mas não se preocupe! A ideia é fazer um apanhado geral e refletir sobre o que essas informações podem dizer sobre sua campanha e até mesmo se você precisa mensurar melhor os seus resultados dessa vez.

2. Reveja sua estratégia

Planejamento: trabalhe com dados exatos

Para realizar um planejamento eleitoral eficaz, trabalhar com dados concretos pode ser um grande divisor de águas. Por isso é importante coletar algumas informações antes de seguir em frente com as estratégias de sua campanha.

Quantos eleitores você precisa atingir? Qual o perfil deles? Quais são suas principais demandas? Como posso atendê-las? Caso não tenha esses dados em mãos, talvez seja interessante considerar a realização de uma pesquisa personalizada.

Também é fundamental ter em mente a quantidade de contatos que precisam ser feitos até o período das eleições. O NeritPolítica possui uma excelente ferramenta para  simulação de votos e contactações, onde é possível ter as primeiras noções para montar sua base de contatos.

Tema e propostas: você está segmentando corretamente?

Mac HD:Users:nerit:Documents:@nerit-larissa:(+) freebies:( + ) banco-imagens:@business:IMG_4854-699.jpg

Antes de criar suas propostas, é importante compreender as reais necessidades da população. Temas de campanha bem definidos ajudam a formar uma base de eleitores sólida e ainda a segmentar o perfil do público-alvo que você deseja atingir: sua campanha é mais voltada para jovens ou idosos? Suas propostas são benéficas para as minorias? Ou você prefere atender por regionais? Oferecer soluções reais de acordo com algum tipo de segmentação, além de atrair e fidelizar eleitores, agrega força e credibilidade ao seu discurso.

Mensagem e imagem: o que você quer transmitir?

A partir da segmentação do seu público é possível refletir melhor sobre a imagem do candidato, a mensagem a ser transmitida e a forma como essas informações serão veiculadas. Se o seu foco é o público jovem, por exemplo, você poderá optar por uma linguagem mais informal e focar toda a sua comunicação no ambiente digital.

O aspecto visual também pode ter grande peso. Em 2016, alguns candidatos optaram por trazer a mensagem de mudança e renovação alterando apenas a identidade visual de sua campanha, incorporando cores e elementos bem diferentes daqueles comumente utilizados em seu partido, por exemplo.

3. Elabore um cronograma detalhado para sua campanha

Começar a elaborar um cronograma e criar uma agenda pode parecer precipitado nesse momento, mas será essencial para que as atividades sejam feitas com calma e organização. Enquanto as eleições não chegam você pode, por exemplo, definir o tipo de comunicação que será utilizada em cada período, alinhar as atividades de sua equipe e anotar o período certo para dar início àquelas questões que ainda não podem ser abordadas.

4. Abuse das ferramentas de marketing digital

Mais da metade da população brasileira já possui acesso a internet. Manter sua campanha apenas no ambiente offline não é mais uma opção.

Através do uso das mídias sociais é possível atingir um grande número de potenciais eleitores em pouco tempo e tudo isso de maneira barata, rápida e eficaz. A grande mídia ainda oferece grande influência sob o público geral, mas as redes sociais, essencialmente fora do período de campanha, são instrumentos importantes para manter o diálogo e a proximidade com seus eleitores e não deixar que a imagem do candidato fique esquecida até a próxima eleição.

Mas não basta só criar uma conta e não utilizá-la corretamente, não é mesmo? É preciso tomar alguns cuidados para que o ambiente digital agregue valor à sua imagem:

  • Responda todas as dúvidas de seus eleitores, inclusive as críticas.
  • Exponha suas metas de campanha de forma clara.
  • Forneça informações pertinentes.
  • Estabeleça uma boa frequência de postagens.
  • Monitore o engajamento.
  • Mantenha a boa aparência de sua página.

Além das redes sociais, um site e um blog auxiliam a fortalecer a imagem do candidato e a disseminar suas propostas. Mantenha sua página eletrônica sempre atualizada, deixando claro todas as temáticas a serem abordadas e a mensagem que quer passar. Caso não tenha um blog, considere a criação de um. Ele pode ser uma excelente ferramenta para debater temas políticos de forma mais detalhada.

Se você ainda tem dúvidas sobre como utilizar os meios digitais da melhor maneira possível, consulte alguns de nossos materiais sobre o assunto:

Como usar SMS em uma campanha eleitoral

E-mail Marketing: Primeiros Passos

Divulgação Política na Web

5. Monitore tudo!

Mac HD:Users:nerit:Documents:@nerit-larissa:(+) freebies:( + ) banco-imagens:@business:DSC_7051-551.jpg

Já diziam Robert Kaplan e David Norton “O que não é medido não é gerenciado”. Monitorar o engajamento nas mídias sociais, os resultados das contactações realizadas e a evolução da sua base de dados, permite que você adapte suas estratégias a tempo, verificando o que realmente está funcionando e o que não está.  

Outro ponto importante é acompanhar os seus adversários. Analise seus pontos fortes e fracos. Verifique as campanhas utilizadas nas redes sociais e as propostas, tente identificar as táticas utilizadas, monitore os assuntos abordados no blog do candidato e as informações disponibilizadas no seu site. Analise o que pode ser aproveitado em sua campanha e reconheça quando houver a necessidade de adaptar sua estratégia, sempre trabalhando com ética e transparência.

Ficou alguma dúvida? Gostou do nosso guia? Entre em contato conosco e conte com nossa ajuda para traçar o planejamento de sua nova campanha com sucesso! :)

Passo a passo Campanha Eleitoral

Larissa Maciel

Publicitária e especialista em marketing político.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606
Este site utiliza cookies para otimizar sua experiência durante a navegação. Ao continuar nesta página, consideramos que você concorda com a utilização de cookies. Ok, entendi.

© NeritPolítica

by nerit